Arapongas

Governador confirma construção do contorno viário de Arapongas

Compartilhe no WhatsApp

Um grave e antigo problema do trânsito de Arapongas será finalmente resolvido. O governador Ratinho Junior esteve no município nesta quinta-feira (28) e confirmou a construção do Contorno Norte da cidade, obra esperada há mais de 20 anos pela população da região. A ordem de serviço foi assinada durante evento realizado na prefeitura.  O investimento previsto é de R$ 121,7 milhões e será feito pela Viapar, empresa que administra o trecho, respeitando o contrato de concessão da BR-369.
“Estamos tirando do papel obras que estavam previstas no contrato de concessão. É uma intervenção complexa, mas quando ficar pronta vai melhorar e muito a segurança viária de Arapongas, tendo reflexo imediato na qualidade de vida da população”, disse Ratinho Junior.
Ele ressaltou, ainda, que a ação terá um forte impacto na economia de toda a região, que abriga importante polo moveleiro do Paraná. “Resolvemos um gargalo que ajudará em toda a logística do Estado. Queremos fazer do Paraná a hub logístico da América do Sul”, explicou.
O prefeito Sérgio Onofre disse que este é um momento histórico para Arapongas. “Em três anos de mandato, fizemos 27 reuniões até conseguir tirar essa obra do papel. O povo de Arapongas e da região merece isso de nós, pois esta obra já foi paga através do pedágio”, assinalou. Guilherme Nogueira, CEO da Viapar, disse que a partir de agora a empresa começa a instalação do pátio de máquinas, sendo que os trabalhos devem ser iniciados ainda no mês de junho. Segundo ele, somando os custos com indenização, o valor dos investimentos sobe a cerca de R$ 140 milhões.
OBRA – A construção do contorno vai começar no quilômetro 191 da BR-369, alguns metros ao norte do totem que demarca o Trópico de Capricórnio. A nova pista seguirá a leste da rodovia e voltará a se encontrar com a estrada principal nas proximidades do Pavilhão de Exposições de Arapongas, pouco antes da praça de pedágio do município. Serão 10,2 quilômetros de extensão. A finalização da obra está prevista para novembro de 2021. 
O secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, afirmou que a construção do contorno só está saindo do papel porque o Governo do Estado conseguiu entrar em acordo com a concessionária, evitando uma batalha jurídica em torno da obra. “É uma obra complexa, de mais de R$ 100 milhões, que só foi viabilizada porque o Estado entrou em ação e chegou a um acordo viável com a concessionária”, disse ele.
De acordo com o secretário, o projeto do contorno contempla também seis passagens de nível, pensadas para aumentar a segurança de motoristas e pedestres. “É algo que vai mudar a cara de Arapongas e impactar uma região muito importante do Paraná”, comentou Sandro Alex.
MARGINAL – Na mesma cerimônia, o governador Ratinho Junior assinou também a ordem de serviço para pavimentação viária de 716 metros da marginal da PR-444, depois da Rua Tangará. O valor da obra é de R$ 1,7 milhão e será bancada com recursos da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas.
O prefeito Sérgio Onofre destacou que a obra da marginal da PR-444 representa um avanço naquela região. Segundo ele, vai permitir não só uma melhor dinâmica para o tráfego como também facilitar o investimento e o desenvolvimento nas áreas abrangidas.
“São obras importantíssimas para a cidade. Mesmo em um momento de crise econômica, Arapongas consegue, com a ajuda do Governo do Estado, seguir se desenvolvendo”, afirmou o prefeito. Também foram assinadas ordem de serviço para a construção de uma escola estadual no Alto da Boa Vista, uma escola no Padre Germano e outra no Jardim Caravele, a construção de duas unidades do Projeto Meu Campinho (uma no Conjunto Águias, outra no Tropical) e dada ordem de licitação para um CMEI no Jardim Petrópolis. O prefeito Sérgio Onofre anunciou ainda parceria com a Congregação Cristã do Brasil para a construção de uma creche no Piacenza, obra já em andamento.
INAUGURAÇÕES – Devido à situação de pandemia, foi feita a inauguração simbólica da revitalização da Rua Pavão, da reforma da Praça Mauá, do prolongamento da Rua Rouxinol, do calçamento com pedras poliédricas da Estrada do Araguari, da cobertura de uma quadra na Escola Antônio Grassano Júnior (Zona Sul) e da nova UBS do Padre Chico. O governador também conheceu o Projeto Desenvolve Arapongas, que na primeira fase destina 79.965,62 m2 de área para expansão industrial e habitação em terreno localizado atrás da Movelpar. Na segunda fase, são mais 198.280,62 m2. 
O governador também se reuniu com o presidente do Sindicato das Indústrias de Móveis de Arapongas (Sima), Irineu Munhoz, ouvindo solicitações que possam atenuar os efeitos da pandemia sobre o segmento, e com representantes de outros setores. Depois, em comitiva, visitou a área onde será a Escola Estadual Alto da Boa Vista e a pavimentação do prolongamento da Rua Rouxinol.
PRESENÇAS – Participaram também do evento o diretor-geral do DER-PR, Fernando Furiatti; o diretor do Detran, César Kogut; o presidente da Fundepar, José Maria Ferreira; os deputados federais Filipe Barros e Luísa Canziani, e os deputados estaduais Cobra Repórter e Tiago Amaral.

Molicenter – Ofertas até 19/07

Três obras para mudar parte do centro de Arapongas

Contato – (43)99916-6212 – Simone

Honpar

Atom Academia

Restaurante Facchiano

Famintu’s Pet

Boca no Trombone Arapongas

Rádio Gospel Hits

Canal André Silva

Jornal Edição de Notícias