Apucarana Política

Ex-presidente da Câmara de Apucarana Petrônio Cardoso é condenado pela Justiça

Compartilhe no WhatsApp

A justiça de Apucarana acatou a denúncia da Promotoria Pública do Patrimônio Público que compete ao promotor de Justiça Eduardo Augusto Cabrini, o ex-presidente da Câmara de Apucarana Petrônio Cardoso o qual é advogado e atual concursado do departamento jurídico da Câmara Municipal por ato de Improbidade Administrativa.

Petrônio foi presidente do legislativo no início dos anos 2000, ele também foi candidato a vice-prefeito ao lado de Beto Preto em 2004, e ex-secretário de Governo de Beto Preto nesta atual gestão. A sentença foi proferida na terça-feira (11), pelo juiz Rogério de Campos, conforme PROJUDI – Processo: 0005110-17.2006.8.16.0044.

De acordo com a sentença o ex-presidente foi condenado por improbidade administrativa. A sentença determina que Petrônio tenha a perda do cargo de advogado da Câmara Municipal de Apucarana; suspensão dos direitos políticos por oito anos; ressarcimento de suposto dano no valor de R$ 137.000 mil reais; e ainda a aplicação de multa civil de R$ 137.000 mil reais e a proibição de firmar contrato com o poder público por cinco anos.

Petrônio Cardoso não se pronunciou em nota oficial sobre a decisão da Justiça de Apucarana, pois o caso ainda cabe recurso na Justiça.

Fonte: AN Notícias

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Dia Internacional das Mulheres

Aravel – Clique para Ampliar

Contato – (43)99916-6212 – Simone

Depilação a Laser Crystal 3D

Atom Academia

Rádio Gospel Hits

Jornal Edição de Notícias

× Fale Conosco - Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: