Claudio Natalino Bagnolli

Conheça a Tecnologia Nano Cell

Compartilhe no WhatsApp

Há fatores que influenciam na experiência televisiva e um deles é o ângulo de visão. Felizmente a Tecnologia Nano Cell reproduz 100% das cores, mesmo em ângulos laterais.

É verdade que em cada um de nós existe um designer de interiores querendo mostrar a sua criatividade, não é menos verdade que, na realidade, nem todos sabem verdadeiramente o que estão fazendo no que toca à decoração de uma casa. Essa inexperiência releva-se por completo quando os decoradores amadores, de uma maneira geral, se esquecem por completo de incluir os equipamentos eletrônicos nos cômodos de sua casa, com exceção da cozinha, é claro.

No caso dos televisores eles nem sempre ficam no melhor local da casa em que se pretende utilizá-los o que se traduz, inevitavelmente, em alguns problemas no momento em que vamos utilizar este equipamento. Ou é a luz que incide diretamente na tela, e só é viável ver televisão com as persianas fechadas, ou é a distância que o aparelho é colocado em função do local onde nos vamos sentar (muito próxima ou muito longe) que dificulta a experiência, ou é o ângulo de visão que estamos do aparelho. De quem é a culpa? Da nossa criatividade, claro! Quisemos colocar naquele canto da sala porque era um lugar perfeito no móvel que passamos horas escolhendo, mas que agora nos impede de ver 100% das imagens.

O ângulo de visão que estamos do televisor pode até ser resolvido quando estamos sozinhos no espaço onde o aparelho se encontra, e podemos trocar de um lugar para outro, mas os verdadeiros problemas revelam-se quando o encontro com os amigos para ver a final da copa do mundo de futebol, foi marcado na sua casa.

Antes do início da partida, entre uma bebida e um aperitivo, quando as emoções estão surgindo e todos são treinadores discutindo o plano de jogo, está tudo bem. Quando o apito inicial soa e a bola começa a rolar no gramado, muita coisa pode mudar! “Daqui não consigo ver que jogadores pertencem a cada time”! “Será que é possível virar um pouco mais a televisão? Não consigo ver onde está a bola!” são alguns dos protestos que mais se ouvem logo no início da partida, muito antes do árbitro assinalar a primeira falta que juramos de pé juntos ter sido apenas para prejudicar a nossa seleção.

São reclamações que não têm a ver com o tamanho da televisão, que neste caso não interessa mesmo nada, mas que podem arruinar o ambiente da festa. Pode, sobretudo, fazer com que todos acabem não vendo a imagem do gol tão desejado, sem perceber que o verdadeiro problema está no ângulo de visão da televisão.

Saiba que cerca de 60% das pessoas vê televisão fora da faixa recomendada, que é definido como sendo qualquer ângulo maior que 15° a partir do centro da tela do televisor. A partir desse ângulo, um televisor convencional começa a perder qualidade de imagem em termos de reprodução de cor, prejudicando a forma como vemos as imagens e as cores na televisão.

Felizmente já existe uma solução no mercado que nos ajuda a não perder um só passe, independentemente do local em que estejamos assistindo televisão. Nano Cell é o nome da Tecnologia que está revolucionando o mercado de televisores ao reproduzir consistentemente 100% das cores mesmo quando estamos localizados em ângulos laterais, ou seja, quando estamos vendo a tela até 60° fora do eixo frontal da tela.

As TVs LG SUPER UHD 4K, com Tecnologia Nano Cell, são uma dessas soluções ao permitir ter acesso a imagens da forma mais realista possível, criando riqueza de nuances e precisão de cores, viabilizando ângulos de visão mais amplos, independentemente do local em que nos encontramos. Essa tecnologia minimiza também os casos de instabilidade de imagem e outros problemas de degradação de cor, ao mesmo tempo que reduz o brilho da tela para manter a qualidade da imagem, mesmo quando a TV está num ambiente com muita iluminação.

Com esta opção tecnológica, o lugar em que nos sentamos não importa e a decoração pode continuar a imperar sobre a funcionalidade, dando asas ao decorador que existe em cada um de nós, sem que se corra o risco de perder o gol mais importante do campeonato e, sobretudo, alguns dos nossos melhores amigos.