Claudio Natalino Bagnolli

CARROS VOADORES

Compartilhe no WhatsApp
Os carros voadores são uma das principais apostas para o futuro do transporte, levando empresas a investir em protótipos funcionais cada vez mais complexos. Em fevereiro de 2017, a russa Hoversurf lançou um moto-drone capaz de transportar um humano no ar. Já a francesa Airbus apresentou um carro voador auto dirigível.

Mas, até hoje, nenhuma companhia havia sinalizado que um veículo voador estaria pronto para produção e comercialização. Isso, é claro, até o anúncio da empresa de engenharia avançada AeroMobil.

O primeiro carro voador comercializável

Sediada em Bratislava (Eslováquia), a AeroMobil está finalmente trazendo ficção para a realidade após anunciar o primeiro carro voador comercializável. O modelo é chamado de AeroMobil 5.0.

A equipe do novo AeroMobil, liderada por Juraj Vaculik (CEO) e Douglas MacAndrew (CTO), está ansiosa para apresentar o AeroMobil 5.0 aos primeiros clientes potenciais e futuros investidores.

Uma nova era do transporte

O AeroMobil 5.0 é um veículo com motor híbrido, ambientalmente consciente, que funciona tanto como carro quanto como avião. Ao combinar perfeitamente essas funcionalidades, a máquina anuncia uma nova era do transporte, oferecendo aos usuários a opção de conduzir em terra ou pilotar no ar.

A empresa pretende tornar o transporte pessoal mais eficiente e ambientalmente amigável, especialmente em áreas onde a infraestrutura rodoviária é limitada ou ausente. Com o AeroMobil 5.0, as viagens serão muitos mais rápidas e afetarão menos o ambiente do que os carros comuns.

Regulamentação

Enquanto o mundo está caminhando para trazer carros voadores à realidade até 2025, questões relacionadas às normas de segurança e aos requisitos operacionais estão sendo levantadas por gestores e administradores.

Aeromobil assegura que o veículo estará em conformidade com os quadros regulamentares existentes para carros e aviões. Portanto, as máquinas poderiam ser conduzidas com segurança tanto em terra quanto no ar, o que mudaria definitivamente a maneira como viajamos.

Mesmo com o comunicado da empresa, permanecem dúvidas como: afinal, os motoristas precisarão tirar licenças (brevês) de piloto para conduzir os veículos voadores? Deverão passar por algum treinamento adicional? Será criada uma modalidade especial de habilitação? Ou qualquer pessoa poderá conduzir o automóvel?

Certamente, o futuro nos trará as respostas. Mas, enquanto o amanhã não chega, confira o modelo  (AeroMobil 5.0) em ação no vídeo abaixo.

A boa notícia? A próxima geração do AeroMobil a 5.0 estará disponível para pré-encomendas a partir de 2025. O lado não tão bom da notícia? O valor do veículo ainda não foi divulgado, o que nos deixa extremamente curiosos.