Arapongas

Caminhoneiros protestam em Arapongas, Califórnia, Mandaguari, Mauá, Londrina e Maringá

Compartilhe no WhatsApp

Caminhoneiros da região aderiram à mobilização nacional da categoria e realizam manifestações na manhã desta segunda-feira (21) em rotatória no final da Rua Tangará, na PR-444, em Arapongas, na PR-317, na chegada a Maringá para quem vem de Astorga e Colorado, no km 257 da BR-376, em Califórnia, e na rodovia PR-090, em Assaí. Também há protestos em Mauá da Serra, Mandaguari, Rolândia, Cambé e Londrina. Apenas veículos de carga estão sendo obrigados a parar, carros de passeio, ambulâncias e ônibus são liberados.

Veja vídeo da mobilização em Arapongas

Conforme o representante da categoria, José Henrique Teixeira, não há prazo definido para o término da mobilização. “A princípio serão 72 horas, mas não temos prazo”, disse. Os caminhoneiros protestam contra os constantes aumentos no preço do diesel.

Foto: TNONLINE

Multas
Uma determinação judicial a pedido da PRF proíbe que eles fechem totalmente as rodovias federais, sob pena de multa de R$ 100 mil por hora.

Os motoristas também estão proibidos de invadir praças de pedágios. A multa é a de R$ 20 mil por hora de invasão.

Protesto na BR-376, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais
(Foto: Valdecir Galvan/RPC)

Confira abaixo as manifestações em rodovias federais no PR:

BR-116, quilômetro 67, Quatro Barras, na Região de Curitiba – em andamento;
BR-277, quilômetro 6, Paranaguá, no litoral – em andamento;
BR-376, quilômetro 502, Ponta Grossa, nos Campos Gerais – em andamento;
BR-376, quilômetro 257, Califórnia, no norte – andamento;
BR-153, quilômetro 43, Santo Antônio da Platina, no norte pioneiro – em andamento;
BR-153, quilômetro 112, Ibaiti, no norte pioneiro do Paraná – em andamento.Ainda conforme a PRF, carros, ônibus, ambulâncias e caminhões com cargas vivas e perecíveis têm passado normalmente pelos protestos.

Molicenter Sup Ofertas 21/11

Molipark

Solução Informática e Tecnologia

Movimento pela Saúde

Canal André Silva

Mais vídeos do canal Aqui