Arapongas

Após vencer luta contra o câncer, mulher tem quadrigêmeos: ‘Deus foi muito bom comigo

Compartilhe no WhatsApp

A maternidade, não raro, é associada a uma fase da vida da mulher que envolve fartas doses de amor e também de superação. É exatamente o caso de Silvia Helena Rosa, 41 anos,  que comemora hoje seu primeiro Dia das Mães cercada de seus quadrigêmeos.

A vontade de ser mãe sempre falou mais alto na vida de Silvia, que há oito anos, ou seja, seis meses após se casar começou o planejamento da gravidez do primeiro filho. Porém, o sonho de ser mãe teve que ser adiado após ela receber o diagnóstico de câncer de mama. “Foi um choque na época, fiz todos os tratamentos e graças a Deus me curei, mas fiquei com medo de não realizar o sonho de ser mãe por causa da doença”, conta.

Com dificuldades para engravidar, a técnica em enfermagem,  com o apoio do esposo Márcio Antônio de Toledo, foi submetida a uma fertilização in vitro. Por conta do processo, ela já estava preparada para possibilidade de engravidar de gêmeos. Porém, cada ultrassonografia, trazia uma nova surpresa.

“Primeiro o médico viu dois bebês. Já esperava por isso. No exame seguinte, ele disse que eram três e por último, a surpresa maior: eram quatro bebês. Foi um susto. Pensei: como vou fazer agora? ”, recorda Silvia. Os meninos, Pedro Augusto, Luiz Henrique, João Paulo e Victor Hugo, como costuma ocorrer em partos gemelares, nasceram prematuros aos seis meses de gestação. Apesar de não completarem os noves meses gestação, os bebês não apresentaram nenhuma complicação após o período no hospital.

TN ONLINE

Molicenter Sup Ofertas 20/11

Molipark

Solução Informática e Tecnologia

Movimento pela Saúde

Canal André Silva

Mais vídeos do canal Aqui