Processo contra Renan no STF completa 3 anos sem julgamento – Ednotícias
Notícias Geral

Processo contra Renan no STF completa 3 anos sem julgamento

Um mil e noventa e cinco dias de gaveta. Este é o tempo, correspondente a impressionantes três anos, decorridos da denúncia da Procuradoria-Geral da República acusando o senador Renan Calheiros pelos crimes de peculato, falsidade ideológica e uso de documentos falsos. Protocolada no Supremo Tribunal Federal em 24 de janeiro de 2013 pelo então procurador-geral Roberto Gurgel, a peça completará mais um ano de aniversário.

Segundo o UOL, Renan é parte do inquérito de outro escândalo, o petrolão, e o Supremo não esboçou a intenção de julgá-lo. Pior: o tribunal não se dignou nem mesmo a marcar a sessão em que decidirá se aceita a denúncia da Procuradoria, convertendo-a em ação Penal. Só depois disso Renan poderá ser chamado formalmente de réu. Juntos, os três crimes de que é acusado podem render até 23 anos de cadeia.

O processo que faz aniversário neste domingo refere-se a um escândalo de 2007. O lobista de uma grande empreiteira entregava à jornalista Mônica Veloso, em dinheiro vivo, recursos para custear a pensão da filha que tivera com o senador, num relacionamento extraconjugal. Na época, Renan teve de renunciar à presidência do Senado para salvar o mandato. Foi reconduzido ao cargo em 2013, uma semana após a formalização da denúncia.

Fonte: Notícias ao Minuto

Molicenter Sup Ofertas 17-18-19/08

Solução Informática e Tecnologia