“Os vários fins” – Ednotícias
Sonho Analítico

“Os vários fins”

As coisas só terminam quando acabam, e talvez elas nunca acabaram quando achamos que terminaram. As pessoas só terminam quando morrem, mas elas nunca morrem quando acham que já terminaram.

O fim é sempre uma surpresa, fazendo com que nunca estejamos preparados para ele.

Temos vários tipos de FIM!

O fim feliz, o fim doloroso, o fim triste, o fim do consolo, o fim realizado, o fim das contas, o fim das esperanças, o fim da linha, o fim alcançado. Tem fim para todas as situações e também todos os gostos.

O fim pode, além de todas essas coisas, ser uma combinação: Você está a fim? Como também um alívio: Ufa, finalmente! Pode ser uma conclusão: Enfim!

Podemos achar o fim da picada, o fim não conseguirmos controlar o fim que marca nossas vidas. O fim que escande o tempo, que coloca um antes e um depois.

O fim pode ser considerado um término, mas também pode ser continuação, finalidade.

Há tantas possibilidades para um fim, há tantos fins, que nunca conseguiremos explicar de fato a palavra final.

Enfim, fim!

Bruna Zancopé

Molicenter Sup Ofertas 17-18-19/08

Solução Informática e Tecnologia