Ocorrência Policial

GÊMEOS CONDENADOS POR ASSASSINATO DE GRÁVIDA EM ARAPONGAS SE ENTREGAM EM LON

2016-08-30 21.50.59

Doze anos após o assassinato da araponguense Marisol Lopes Machado, os irmãos Fabiano Marchi Vieira de Gouvêa e Fabio Marchi Vieira de Gouvêa vão cumprir pena pela morta da jovem. Após perderem um recurso junto ao Tribunal de Justiça semana passada, ambos se apresentaram na tarde de ontem na Casa de Custódia de Londrina (norte do Paraná).

Os irmãos, que são gêmeos, foram condenados em abril de 2013 pela morte da jovem, que era esposa Fabiano, em um julgamento que durou mais de 16 horas e causou grande repercussão em Arapongas. Fabiano foi condenado a 24 anos de prisão por planejar a morte da esposa, já seu irmão, apontado como executor, recebeu sentença de 19 anos de prisão.

Ambos aguardavam o julgamento dos recursos em liberdade. Marisol foi morta em 2004 aos 26 anos, grávida de oito meses. Ela foi espancada e degolada. Um assalto foi forjado na tentativa de despistar a polícia.

SEGUROS DE R$ 700 MIL
Segundo o Ministério Público, os gêmeos praticaram o crime para receber três seguros de vida do valor de R$ 700 mil, cerca de R$ 2 milhões em valores atualizados. A CCL de Londrina confirmou que os gêmeos se apresentaram ontem, mas não deu maiores informações a respeito da pena ou se esta será cumprida na unidade.

TN ONLINE

Solução Informática