Notícias Geral

Samu começa a funcionar em 15 municípios

tn_785604dd79_samu4 (1)

Como explica o secretário Michele Caputo Neto, em 2011 o Paraná não tinha nenhum Samu Regional organizado. “Tinha apenas 15 grandes cidades cobertas pelo Samu que representava 46% da população paranaense”. Com a inauguração da base da 22ª RS, o Estado conclui as instalações em todas as regionais. “Isso dá uma cobertura 88% da população em 336 municípios. Os demais 63 que ficaram fora é porque o Governo Federal ainda não entregou as ambulâncias e ainda não definiu essa estratégia”, relata Michele Caputo. O secretário relata ao contrário de muitos estados, o Paraná passa recursos para a política do Samu. “Dizem que é um problema do Governo Federal. No Paraná não tem essa conversa. Nos colocamos só de custeio anualmente R$ 37 milhões, mais R$ 10 milhões do transporte aéreo. Hoje nós temos cinco helicópteros retaguarda e um avião UTI a serviço do Samu”, completa.Miguel Roberto do Amaral, prefeito de Ivaiporã, disse que as novas bases possibilitarão um tempo de resposta melhor em toda a região, tornando o serviço de salvar vidas cada vez mais efetivo.

“A partir de hoje a população passa a receber um atendimento de primeiro mundo. Um trabalho que vai salvar muitas vidas”, comenta Miguel AmaralO prefeito de São João do Ivaí, Fábio Hidek Miura comemorou a oferta do novo serviço. “A inauguração desse equipamento é fundamental para proporcionar segurança a uma comunidade. É uma grande parceria para levar mais saúde à população”, destaca Hidek.Bete Camilo, prefeita de Manoel Ribas, destacou o reforço na rede de urgência. “Isso vai fortalecer e somar esforços para a saúde dos municípios da região. Facilitando e salvando vidas pela agilidade dos trabalhos”, enfatiza Bete Camilo.

IMBRÓGLIO

A implantação do Samu já se arrastava por mais de 7 anos. O serviço, que chegou a ser oficialmente anunciado em 2013, demorou a ser instalado por conta dos custos de implantação a ser bancado pelos prefeitos. Para reduzir custos, o serviço regional será administrado pelo Consórcio Intermunicipal de Urgência e Emergência do Noroeste do Paraná (Ciuenp).