Notícias Geral

Paraná lidera ranking de endividamento em 2016

tabela-inadimplencia-fecomercio-ded24677

Um levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio-PR) indica que o Paraná é o estado brasileiro com maior percentual de famílias endividadas em 2016. Conforme o balanço, 86,3% dos paranaenses possuíam algum tipo de dívida no ano passado, enquanto a média de endividamento em todo o País foi de 58,7%.

Especificamente em dezembro de 2016, o percentual de endividados chegou a 87,1% no Paraná. Isto representa queda em relação ao mês anterior, quando o índice chegou a 87,8%. A retração também foi verificada na comparação com dezembro de 2015, quando 87,4% das famílias paranaenses tinham contas a apagar.

No entanto, a Fecomércio-PR informou que houve aumento em dezembro de 2016 no número de pessoas com contas em atraso, que saltou de 25,6% em novembro para 28,9%. O índice é parecido com o registrado em dezembro de 2015, quando 28,6% dos paranaenses estavam com dívidas atrasadas.

A sondagem ainda apontou que as contas em atraso chegam a 36,7% das famílias que recebem até 10 salários mínimos, enquanto o nível atinge 17% entre aquelas com renda superior. Conforme o levantamento, 13,9% daqueles com menor renda afirmaram que não terão condições de quitar seus débitos, enquanto o percentual é de 4,1% nas famílias com renda superior a 10 salários mínimos.

Nível de endividamento
Segundo a Fecomércio-PR, 24,6% dos paranaenses afirmam estar muito endividados, enquanto a média brasileira é de 13,8%. Aqueles que declararam que estão “mais ou menos endividados” representam 46,3% da população no estado, contra 20,3% no País.

O cartão de crédito é o principal tipo de dívida no Paraná, representando 68,3% das causas de endividamento em dezembro de 2016. Em seguida aparecem o financiamento de veículos (11,2%); financiamento imobiliário (9,8%); carnês (3,7%); e crédito pessoal (2,8%).