Notícias Geral

MP investiga conteúdo de sala trancada no Instituto de Criminalística em Londrina

porta-trancada_2516553

Policiais do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) fazem uma operação no Instituto de Criminalística (IC) em Londrina na manhã desta sexta-feira (5). O objetivo é cumprir um mandado de busca e apreensão expedido pelo juiz da 5ª Vara Criminal da Comarca.

Segundo a promotora responsável, Claudia Piovezan, a ação é um desdobramento de investigações de outras promotorias. “Em visitas regulares, foi constatado que havia uma sala trancada, sem acesso regular de funcionários”, explicou em entrevista à CBN.

A suspeita, segundo o MP, é que existam perícias engavetadas. “Há grande quantidade de ofícios guardados, muitos deles reiterando perícias e demais materiais”, completou. O diretor-geral do IC no Paraná, Daniel Felipetto, está sob suspeita.

Durante o cumprimento do mandado, uma banana de dinamite foi localizada, fato que obrigou o isolamento do local até que policiais do Esquadrão Antibombas de Curitiba cheguem à cidade e a examinem. Enquanto isso, as buscas estão suspensas e o prédio desocupado.

A promotora ressaltou que ainda não é possível afirmar que há irregularidades. “Isso será parte de análises futuras. Ainda vamos verificar todos os inquéritos e perícias”, finalizou.

(Atualizado às 12h).
BONDE.COM

Solução Informática