Notícias Geral

Frente Parlamentar Evangélica comemora aprovação da PEC contra o aborto

IMG-20171108-WA0093

A Frente Parlamentar Evangélica travou, na última quarta-feira, 08, forte batalha no âmbito da Comissão Especial que discute a PEC 181/15, conhecida como a PEC DA VIDA.
Enquanto parlamentares de extrema esquerda defendiam o direito ao aborto, membros da Frente Evangélica e da Frente em Defesa da vida e da Família revezaram em discursos inflamados defendendo a vida desde a fecundação.
O relator, Deputado Jorge Tadeu Mudalen (DEM/SP), emitiu parecer favorável à extensão da licença maternidade, prevendo que o tempo de internação do bebê prematuro até a alta hospitalar, deve ser acrescido à licença de 120 dias da mãe. O texto também sugere que os direitos constitucionais de inviolabilidade da vida e igualdade de todos perante a lei devem ser considerados desde a concepção.
Para os cristãos, que defendem a vida e a família, o texto é perfeito.
“Mais uma vitória da Frente Parlamentar Evangélica. Após muitas discussões aprovamos a PEC 181/2015 que dispões sobre a Licença Maternidade para Mães de Bebês Prematuros e a PEC 58/2011 contra a liberação do aborto. Foi um dia inteiro de discussões. Uma verdadeira guerra. Mas conseguimos aprovar as duas PECs. Vida Sim. Aborto Não”, comemorou o Presidente da Frente Evangélica no Congresso, Deputado Takayama.