Notícias Geral

Fenaban apresenta nova proposta, mas greve já é a maior da história

735549434-greve-bancarios

A greve dos bancários já completou 30 dias e a quarta proposta da Fenaban já foi apresentada na noite desta quarta-feira (5). Esta é a décima rodada de negociações.

Segundo informações da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), na nova rodada de negociação, que ainda estava sendo realizada até as 20h, já foi apresentada pela Fenaban uma nova oferta patronal, que prevê reajuste para 2016 de 8% mais abono de R$ 3,5 mil, reajuste de 15% no vale-alimentação, 10% no vale-refeição, 10% no auxílio creche-babá, licença paternidade de 20 dias, além do reajuste da inflação em 2017, mais 1% de aumento real, nos salários e em todas as verbas.

A última proposta foi na última quarta-feira (28), quando a federação ofereceu aumento no abono para R$ 3,5 mil, mais 7% de reajuste, extensivo aos benefícios e que a Convenção tenha duração de dois anos, com garantia para o próximo ano, o reajuste pela inflação acumulada e mais 0,5% de aumento real.

A presidente do Sindicato dos Bancários de Londrina, Regiane Portieri, afirmou que a reunião dos bancários com a Fenaban começou por volta das 19h e, em seguida, vai acontecer uma reunião específica com o Banco do Brasil. Por isso, não há previsões para definições.

Conforme a Contraf-CUT, 13.104 agências e 44 centros administrativos estavam com as atividades paralisadas até a última terça (4). “O número representa 55% do total de agências de todo o Brasil”, diz nota.

Os trabalhadores reivindicam reajuste de 14,78%, sendo 5% de aumento real, considerando inflação de 9,31%; participação nos lucros e resultados (PLR) de três salários acrescidos de R$ 8.317,90; piso no valor do salário-mínimo do Dieese (R$ 3.940,24), e vales alimentação, refeição, e auxílio-creche no valor do salário-mínimo nacional (R$ 880). Também é pedido décimo-quarto salário, fim das metas abusivas e do assédio moral.

Atualmente, os bancários recebem piso de R$ 1.976,10 (R$ 2.669,45 no caso dos funcionários que trabalham no caixa ou tesouraria). A regra básica da participação nos lucros e resultados é 90% do salário acrescido de R$ 2.021,79 e parcela adicional de 2,2% do lucro líquido dividido linearmente entre os trabalhadores, podendo chegar a até R$ 4. 043,58. O auxílio-refeição é de R$ 29,64 por dia.

Em relação aos dias parados, a proposta prevê que todos os dias de greve deverão ser compensados, sem prazo limite.

Na base do Sindicato de Londrina, 103 agências, além de quatro postos de atendimento bancário estão paralisados. São 1.599 bancários em greve. Em Londrina, apenas as 13 agências do Bradesco funcionam por força de uma decisão judicial obtida pela rede junto à 3ª Vara do Trabalho.

Em entrevista ao Portal Bonde, a leitora Alexandra Fernandes afirmou estar esperando desde o dia 6 do mês passado para conseguir pagar o aluguel, contas de luz, água, telefone e prestações atrasadas.

“Fui mandada embora e só consigo sacar meu FGTS na boca do caixa. Já tentei com o cartão cidadão, mas me explicaram que por ser um valor alto, é só quando os bancos voltarem”, explica. Na opinião dela, “nessa crise, nessa situação, eles ficarem fazendo isso com as pessoas não é nada legal. Tem muitas pessoas procurando emprego”, acredita.

Atendimento

Apesar de os serviços de internet banking e caixas eletrônicos funcionarem durante a greve dos bancários, alguns atendimentos ficam mais complicados como sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ou receber benefício social na Caixa Econômica Federal, sem o Cartão Cidadão. Mesmo com a paralisação dos bancos, as datas de vencimento de contas não são alteradas. Em caso de atrasos, o cliente será e pode até mesmo ter seu nome enviado aos serviços de proteção ao crédito, dependendo do atraso.

De acordo com a Caixa, é possível fazer saques de até R$ 1,5 mil do FGTS em lotéricas, correspondentes do Caixa Aqui, com o Cartão Cidadão. Pelos terminais eletrônicos (caixas automáticos e salas de autoatendimento), é possível fazer os saques com o cartão magnético. No caso de benefícios sociais, pode ser feito o saque de todo o valor disponível com o Cartão Cidadão ou o cartão do benefício. O mesmo procedimento se aplica à retirada da aposentadoria. (Com informações da Agência Brasil)