Notícias Geral

Campanha Pedágio Zero em Rolândia

imagem-2017-04-12-14920029125435

O movimento “Pedágio Zero” chegou a Rolândia neste mês de abril através do vereador João Ardigo (PSB). A motivação para essa campanha, que busca a isenção do valor para os rolandenses, é a construção de um muro onde existe um desvio do pedágio de Arapongas, que custa R$ 8,20 para automóveis, além do risco de prorrogação do contrato de pedágio. “Eu sou até a favor do pedágio, mas desde que seja um preço justo”, afirmou o vereador.

O movimento começou em Mandaguari, quando foi fechada uma estrada alternativa em uma propriedade particular que funcionava como desvio do pedágio. “Lá eles começaram a pedir a isenção do pedágio para os moradores da cidade que ficam perto da praça de pedágio”, contou o vereador que defende a causa em Rolândia. No município, o movimento teve início no dia 3 de abril, quando João Ardigo fez um requerimento verbal durante a sessão, solicitando um que representante da Viapar viesse até a Câmara explicar o motivo da construção de um muro na divisa entre Rolândia e Arapongas.

Na última sessão ordinária, no dia 10, o vereador apresentou um requerimento solicitando à Viapar a isenção do pedágio. “Caso eles fechem essa estrada alternativa que tem ali, algumas pessoas que utilizam para não pagar a praça de pedágio, nós queremos a isenção total para os moradores de Rolândia”, defendeu João Ardigo. O vereador ressaltou que tudo está sendo feito dentro da lei, nas sessões da Câmara.

No final de março, a reportagem do JR acompanhou o vereador até a estradinha do Ceboleiro, usada por quem desvia da praça de pedágio e verificaram que um muro estaria sendo construído naquele local, que acompanha a estrada estreitando-a, sem bloqueá-la. De acordo com informações recolhidas no local, será um parque industrial de Arapongas cercado. Na quarta (12), os vereadores João Ardigo e Alex Santana (PSD), participaram de uma reunião com o prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre (PSC). O objetivo foi unificar as duas cidades para fortalecer a luta pela isenção do pedágio para ambas. “Esse movimento está crescendo em Arapongas também”, justificou João Ardigo. O vereador destacou que esse é o momento para batalhar por essa demanda. “Se houver uma prorrogação, por mais vinte anos não tem como Rolândia ser isenta”, ressaltou o vereador. De acordo com João Ardigo, caso aconteça a isenção do pedágio, ela será feita como é em Jacarezinho, onde os moradores entraram com uma ação na Justiça para conseguir a isenção por meio de liminar.
Fonte Jornal de Rolândia

Solução Informática