Notícias Geral

Após campanhas, denúncias de violências crescem 205% no PR

tn_de0164342b_image

Levantamento da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social apontou que em fevereiro e março o número de denúncias de violências contra crianças e adolescentes no Paraná aumentou 205%, no comparativo com o mesmo período do ano passado. O crescimento foi registrado após lançamento da campanha de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas, em fevereiro.

Os dados são do Disque 181, canal do Governo do Paraná que recebe notificações de violência ou violação de direitos contra crianças ou adolescentes. Os tipos de violências com maior aumento nas denúncias, no comparativo entre os dois períodos, foram a negligência (nove vezes mais) e o abuso sexual (oito vezes mais). Os dados mostram ainda que as notificações de exploração sexual triplicaram e os relatos de agressão física dobraram.

A origem das ligações também mudou. Em 2016 a maioria dos contatos era da capital, enquanto que neste ano os municípios do Interior lideraram o ranking de denúncias. Para o coordenador da política da criança e do adolescente da Secretaria, Alann Bento, o resultado expressivo demostrou a grande adesão à campanha pela população em geral. “Nosso objetivo é tirar os casos de violências e violações de direitos da invisibilidade. É fazer com que as pessoas, ao ser depararem com estas situações no seu dia a dia, não fiquem indiferentes, mas denunciem”, destaca.

De acordo com o relatório da campanha, apenas dois meses após o lançamento, o filme publicitário havia alcançado quatro milhões de visualizações nas redes sociais e o hotsite (www.paranacontraexploracaosexual.pr.gov.br) chegou a 26 mil acessos.

(Com informações – Aen)

Solução Informática