Notícias Geral Ocorrência Policial

JUIZ MANTÉM NA CADEIA MÃE QUE MATOU O FILHO EM MARINGÁ

IMG-20160425-WA0071

 

Ana Lúcia Forte de 54 anos continuará presa na sede da Polícia Civil de Maringá por ter matado no último final de semana seu próprio filho com golpes de faca. Por decisão da 1ª Vara Criminal do Fórum de Maringá, a acusada passou por uma audiência de custódia na manhã desta segunda-feira (25). Havia uma expectativa para que a dona Ana Lúcia pudesse ser colocada em liberdade para responder os crimes até o final do inquérito policial. Em entrevista ao repórter André Almenara, na tarde desta segunda-feira (25), a mãe em lágrimas contou que no dia do fato estava com seu filho, o Wellington Forte Ferreira de 20 anos bebendo em uma lanchonete localizada na Avenida Guaiapó. Ao chegar em casa já na madrugada de sábado (23), o filho que é usuário de maconha e de bebida alcóolica começou a discutir e agredir a mãe. Dona Ana Lúcia para se defender das agressões pegou uma faca na cozinha e desferiu dois golpes em Wellington. O filho mais novo chamado Gabriel de 18 anos foi tentar apartar a briga e acabou sendo ferido com uma facada na barriga. A acusada disse que não tinha a intenção de ferir o filho mais novo. Gabriel continua internado em estado grave no Hospital Universitário de Maringá. A acusada confirmou que há muito tempo vinha sofrendo agressões por parte do filho mais velho, e que não estava aguentando mais, mas que não queria que tivesse terminado desta forma, com morte. O delegado de polícia, Diego Almeida, disse que vai ouvir nos próximos dias o homem que convive com a dona Ana Lúcia, vai querer ouvir o filho que também foi ferido e pessoas da família.Fonte e fotos : Andre almera