Moda ‘Tal mãe, tal filha’ ? – Ednotícias
Colunistas Cristiane de Castro Varela

Moda ‘Tal mãe, tal filha’ ?

Moda  ‘Tal mãe, tal filha’ ?

Clipboard14Filhos que se vestem como os pais: com cautela, um comportamento gracioso

Brincar de ser adulto é um dos costumes mais comuns das crianças. A principal referência, nesse caso, são sempre os pais. E não poderia ser diferente na hora de escolher o próprio visual. Qual menina nunca brincou de usar colares e batom para ficar mais parecida com a mamãe? A novidade é que, de olho nesta tendência natural, muitas grifes passaram a produzir roupas com elementos muito parecidos com o do universo adulto.

Reconheçamos, uma criança que se veste com estilo esbanja graciosidade. Ter cautela, porém, sempre é recomendado. Isso porque uma roupa vai além de sua funcionalidade. Ela revela nossa identidade e nossos valores. Sendo assim, é importantíssimo lembrar que as crianças devem se vestir de maneira condizente com sua idade e sua visão de mundo. Não se deve confundir a adoção de alguns elementos do universo adulto com o uso irrestrito de roupas adultas, o que seria deselegante.

Além disto, deve-se permitir que as crianças escolham suas próprias combinações, tão logo comecem a manifestar interesse naquilo que querem vestir. Ressaltando, é claro, que os pais precisam ter bom senso para impedir que, devido à inocência infantil, os filhos saiam com trajes que lhes causem constrangimento. Lembrando que cada peça que entra no guarda-roupa é de responsabilidade do adulto.

Apesar de ser engraçadinho, a moda “tal mãe, tal filha” não deve se tornar um hábito. Afinal, trata-se da identidade individual das nossas crianças. Caso sua filha ou filho quiser usar uma peça de roupa igual à da mãe ou do pai, é legal deixar somente algumas peças simples, como uma brincadeira, sem fazer sugestões.

Dicas pertinentes

– Não vestir meninas com sapato de salto alto, devido ao risco de gerar danos futuros à sua filha;

– Não exagerar nos adereços para não ‘fantasiar’ seus filhos;

– Não impor roupas que sejam desconfortáveis às crianças;

– Não deixar a filha vestir roupas sensuais, sob risco de erotização precoce;

Molicenter Sup Ofertas 17-18-19/08

Solução Informática e Tecnologia