Arapongas Geral

Em Arapongas ocorreram poucos sinistros após a forte chuva na madrugada de ontem

Compartilhe no WhatsApp

A prefeitura de Arapongas e as secretarias de Segurança e Trânsito (SESTRAN), de Agricultura, Serviços Públicos e Meio Ambiente (SEASPMA), em conjunto com a Defesa Civil, iniciaram a manhã do dia 15, realizando operações de limpeza e remediação de vias públicas devido as fortes chuvas – em parte com granizo – que ocorreram na madrugada.

Na Rua Iratauá, a ocorrência de lama e detritos aconteceu em dois pontos, sendo que na altura do número 15, o transbordamento da enxurrada a partir de terreno com obras em início de execução, trouxe riscos para as casas localizadas abaixo, no lado par da via. No dia anterior a Guarda Ambiental esteve presente neste terreno fazendo a notificação do proprietário para que realizasse limpeza da rua. “A solicitação requerida através de reclamação dos vizinhos, levou a notificação do empreendimento quanto a limpeza da via e que seja feita diariamente”, esclareceu o GM Vicentim. Para evitar mais riscos, a construtora fez uma contenção de pedras na divisa com o passeio público. No segundo local da mesma rua, próximo ao Clube Campestre os trabalhos iniciaram com raspagem do leito viário e limpeza da via, já efetuados pela Seaspma.

O coordenador da Defesa Civil, Marcelo Fiori, foi até uma residência localizada na Rua Japuguaçu, 368, na divisa do Jardim Caravele com o Bela Vista, onde aconteceu uma inundação de água, devido ao declive acentuado e confluência de ruas que propiciaram um volume além do normal, somado ao acúmulo de gelo na garagem e um cômodo do imóvel. O proprietário Carlos Caetano Ramos, autônomo, 53 anos, mostrou a situação do imóvel e solicitou medidas de contenção para evitar problemas futuros. “A partir de agora, os dois pontos já estão mapeados. As equipes das secretarias da administração se empenharam para minimizar a situação dos locais e serão tomadas as medidas para melhorar as condições de cada lugar”, explicou o coordenador.

O prefeito Padre Beffa acompanhou a situação, destacando que a cidade de Arapongas não entrou na lista dos 31 municípios atingidos, conforme consta no boletim da Defesa Civil do Estado. “As situações de risco que ocorrem após estas chuvas nas áreas urbanas, em parte são previsíveis. Cabe a nós estar à frente para melhorar as condições e realizar as prevenções necessárias para evitar transtornos à população”, ressaltou o prefeito.

Fonte: Prefeitura Municipal de Arapongas

Molicenter Sup Ofertas 21-22 e 23/09

Molipark

Solução Informática e Tecnologia