Sonho Analítico

Que lógica é essa?

logica

Você já se pegou pensando que “tal coisa não faz sentido”, tentando entender porque o fulano fez isso ou aquilo, pensou que “não tem lógica gostar de tal coisa” ou então “como é possível alguém agir assim”?? Provavelmente alguma vez isso já te aconteceu!

É normal nos questionarmos, tentar entender o mundo a nossa volta, buscar decifrar as nossas atitudes e principalmente as ações do outro, ainda mais que as ações e escolhas do outro for diferente das nossas.  Quando alguém é diferente da gente, do que estamos acostumados é quase que um instinto agirmos com certo estranhamento, afinal aquilo “não faz sentido”, mas o que é fazer sentido?

Sempre tentamos buscar respostas coerentes e lógicas, estamos sempre em busca da “verdade”, mas será que existe alguma verdade e lógica que seja universal, que sirva para todos?

O ser humano é um ser subjetivo, constituído a partir das suas vivências, das suas experiências “assertivas” e “fracassadas”, construído a partir da relação com o outro, através das suas escolhas e das consequências dela, cada sujeito é ÚNICO, tem seu próprio “funcionamento”, ninguém é igual a ninguém, cada ser tem uma história diferente, um jeito diferente de pensar e sentir, cada um tem sua própria lógica.

Então quando paramos para olhar as ações do outro antes de julgar é importante pensarmos “que lógica é essa?”, nos colocarmos no lugar do outro, tentar olhar aquela situação através da lógica e do olhar do outro e não pela nossa própria. Isso é empatia, a capacidade de entender que você não precisa pensar da mesma forma que a pessoa, não precisa gostar das mesmas coisas que ela e nem concordar com suas atitudes, mas ainda sim respeitar porque tá tudo bem, ninguém tem a obrigação de te agradar, de ser igual a você assim como você também não tem a obrigação de gostar de algo só porque fulano gosta, afinal são as nossas diferenças que nos fazem singulares e interessantes.

Quando entendemos que cada pessoa funciona de um jeito próprio, tem uma lógica própria e tem sua verdade singular, conseguimos compreender que a outra pessoa não precisa atingir as nossas expectativas e que nós também não precisamos corresponder ao ideal de ninguém. E isso é libertador!!

sonhoanalitico