Sonho Analítico

Criança tem angústia?

sonhocrianca

Olá leitores e leitoras, tudo bem? Hoje vamos falar um pouco sobre a angústia na criança, não é raro ouvirmos frases como “bom é ser criança”, “criança não tem preocupação nenhuma”, “criança só brinca” e por aqui vai… Vamos criando um ideal de que a infância é uma fase feliz e livre de qualquer “problema”, mas não é bem assim. Claro que a infância tem seus aspectos positivos, porém assim como toda fase do desenvolvimento humano ela também possui seus percalços.  É importante compreendermos a existência desses percalços para fazermos uma distinção entre o que é comum neste período e o que pode ser algo mais grave e/ou patológico.

A vida bem como o mundo adulto são frequentemente desconcertantes para a criança, ela precisa se entender neste mundo, novo e complexo, com o qual deve aprender a lidar e isso por si só já causa certa angústia,  então a criança precisa de alguém para ampará-la e auxiliá-la a nomear o que não podia ser dito, ou seja,  ela deve receber ajuda para que possa dar algum sentido coerente ao seu turbilhão de sentimentos, normalmente este papel é desempenhado pelos pais.

Desta forma, a constituição psíquica da criança vai estar relacionada com a própria subjetividade desses pais, pois eles só poderão auxiliá-la a partir do que eles próprios vivenciaram na infância e levaram para a vida adulta.  Se os pais suspeitam que “há algo de errado”  com seu filho (a) o ideal é procurar um psicólogo infantil qualificado, pois assim será possível identificar se aquela questão que está os preocupando é  uma demanda que precisa ser trabalhada nos pais, se é uma demanda emocional da criança que precisa ser trabalhada ou se é algo próprio da fase em que ela se encontra  já que na infância, assim como nas outras fases da vida, é comum ter momentos em que ficamos um pouco mais ansiosos, angustiados e até mesmo “estressados”.

Abaixo segue algumas situações em que esses sentimentos são mais prováveis de aparecer:

→ A chegada de um novo irmãozinho (a)

→ A aproximação de eventos que a criança considera importantes como aniversários e outras datas comemorativas.

→ Provas na escola, competições ou outras atividades em que há uma expectativa sobre ela.

→Pessoas ou lugares desconhecidos.

→Atividades que a criança irá realizar pela primeira vez como dormir fora de casa ou sem os pais e primeiro dia na escolinha, por exemplo.

→ O período de desmame, desfralde e surgimento dos dentinhos nas crianças menores.

→ Mudanças de casa ou cidade.

É importante ressaltar que esses são apenas alguns exemplos de situações que podem causar angústia na criança, mas não podemos generalizar, não existe uma regra, cada criança é única e reage a sua própria maneira e a forma como os pais ou os responsáveis lidam com essas situações também influenciam nesse processo.

Bom fim de semana a todos e nos vemos semana que vem!

sonhoanalitico

Solução Informática