Sonho Analítico

A importância da fantasia no desenvolvimento infantil

sonho21-12

Alguma vez você se já questionou se deveria estimular a imaginação e as fantasias dos seus filhos, sobrinhos, alunos ou de qualquer outra criança ao seu redor?

Pois bem, a fantasia é fundamental para o desenvolvimento da criança, ela nos faz acreditar em um monte de coisas como: os poderes dos super-heróis,  o sopro do lobo mau, na luta entre o bem e o mal, e principalmente nos faz acreditar em um mundo mágico onde tudo é possível e nele podemos ser quem quisermos. Talvez seja justamente este o principal ponto da importância de imaginar e fantasiar já que através delas podemos ir descobrindo quem nós somos e quem nós poderemos ser.

A vida bem como o mundo adulto são frequentemente desconcertantes para a criança, por isso ela precisa se entender neste mundo complexo com o qual deve aprender a lidar. Desta forma a criança deve receber ajuda para que possa dar algum sentido coerente ao seu turbilhão de sentimentos. Necessita de ideias sobre a forma de colocar ordem na sua casa interior, e com base nisso ser capaz de criar ordem na sua vida. As crianças precisam então de algo que de modo sutil e implícito conduza-a às vantagens do mundo adulto e  é através do imaginário e da fantasia que conseguimos elaborar nossas questões afetivas que surgem  desde a infância.

O fato é que, a brincadeira e a fantasia ajudam a criança a lidar com seus sentimentos  dando a elas a possibilidade de ensaiar respostas que a tiram de um lugar de passividade diante deste mundo adulto que para ela pode ser angustiante e desconhecido.  E nós adultos, devemos facilitar o mundo da imaginação para nossas crianças, dando a eles possibilidades de sonhar e fantasiar.

Mas naturalmente surgirá um momento em que o pensamento da criança começará a ser mais lógico, então ela vai começar a perceber as diferenças entre o que é real e o que é fantasia, e ai os questionamentos e a desconfiança aparecem. E quando esses questionamentos acontecem nós devemos ser verdadeiros com a criança, visto que uma vez que a criança já conhece a verdade, e tem idade para isso, não podemos insistir que elas continuem a acreditar em algumas fantasias, pois elas podem ficar tristes e angustiadas ao sentirem que nós não acreditamos que  já são capazes de distinguir a fantasia da realidade. Mas lembre-se, essa conversa tem que ser feita no tempo da criança, quando iniciarem os questionamentos, e não quando acharmos que é a hora certa.

_____________________________________________________________

Nós do Sonho Analítico agradecemos à todos os leitores que nos acompanharam durante este ano e esperamos que vocês continuem conosco neste novo ano que se inicia em breve, faremos agora uma pequena pausa para as festividades e retornamos com nossos textos semanais em janeiro. Desejos um Natal feliz, repleto de fantasia e imaginação à todos nós e um Ano Novo próspero, cheio de novas oportunidades e possibilidades de renovação.

Boas Festas e até Janeiro

sonhoanalitico