Luis Carlos Alvani

Fui demitido, o que faço agora?

demitido

Com a atual crise econômica que a assola nosso País, as demissões são iminentes, pois as empresas precisam diminuir custos pois as vendas também tiveram grande queda.

Nos últimos 12 meses o nosso estado do Paraná fechou 108.017 vagas de trabalho e o Brasil mais de 1,85 milhões (fonte: Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados – CAGED – MTE), quando isso acontece tende ao consumo diminuir e as famílias perderem renda, levando as pessoas ao mercado informal, sem segurança, sem contribuir para previdência, isso ocorre na maioria das vezes por falta de conhecimento, pois existem maneiras de se trabalhar de forma segura e legal.

A modalidade indicada para as pessoas que queiram trabalhar de forma correta é através do MEI – Micro Empreendedor Individual, que é uma empresa constituída com CNPJ, alvará de licença, como qualquer outra empresa, só que com grandes vantagens tributárias. O Mei foi criado pela Lei Complementar nº 128, de 19 de dezembro 2008, trazendo condições para tirar as pessoas da informalidade, dando condições de trabalho e chance de crescimento.

A constituição do MEI pode ser feito pela internet, no site “portal do empreendedor”, pelas agências do Sebrae ou qualquer escritório de contabilidade, sem custo, apenas contribuindo com um tributo mensal que pode chegar a R$ 50,00, já incluído a previdência social e   com a obrigação de se fazer anualmente uma declaração no qual será informado o quanto foi a receita auferida no ano anterior, essa obrigação sim é cobrada.

As vantagens de se ter um MEI é que o empreendedor poderá emitir notas fiscais de vendas ou prestação de serviços até o limite de R$ 5.000,00 por mês, poderá contratar até um colaborador, terá acesso a linhas de crédito para essa categoria de empresa, e com certeza uma grande chance de crescimento, levando a mesma a pedir o desenquadramento e passando para o regime tributário acima desse que é o Simples Nacional, isso validamos com muita frequência em nosso escritório.

Portanto soluções para se trabalhar legalmente existe, basta ter vontade de trabalhar, sair da zona de conforto e correr atrás dos objetivos.

Carlos_Alvani