Claudio Natalino Bagnolli

Como está a regularização do seu veículo. Fique de olho.

14679774284440

shutterstock_2296154

No iní­cio do ano foi a época de corrermos atrás da regularização do IPVA e do licenciamento de nossos veículos. Para quem não sabe a regularização do seu veículo envolve alguns procedimentos básicos. Vale lembrar que cada estado controla a arrecadação dos impostos, o recebimento das multas assim como a emissão da licença anual. Regra geral, você precisa ficar atento a alguns detalhes que pode ter passado despercebidos até agora.

Documentos, por exemplo. Mesmo que você regularizou seu veículo, ainda precisa ter em mãos o original do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) do exercí­cio anterior (documento do veículo); o RG do proprietário; todas as multas pagas e a guia de arrecadação estadual quitada, deve manter eles até a chegada do novo CRLV.

Para descobrir se o carro está com multas, consulte o Departamento de transito de seu estado. A maioria deles tem um sistema online no qual basta digitar o RENAVAN para receber a lista de multas, caso existam.

Se acabou de adquirir o seu veículo e precisa fazer a transferência, pode fazer isso direto no Departamento de transito, de posse dos documentos e com as multas pagas, agende sua vistoria. O processo de vistoria é rigoroso e seu veículo precisa estar 100% de acordo com as normas.

Para finalizar. Não deixe de checar os detalhes referentes ao Departamento de transito do seu Estado. Os valores de IPVA, assim como as datas de vencimento variam de acordo com o último número da placa.

E lembre-se usar o Cinto de Segurança protege a vida e diminui as consequências dos acidentes de trânsito sob o corpo humano, impede também que soframos impactos com partes internas do veículo e também não somos arremessados para fora dele.

E mais qualquer concentração de álcool no sangue é proibida para quem dirige. E quem desobedecer às regras paga caro: R$ 2.934,70 de multa, suspensão da CNH por um ano e retenção do veículo, é lei.

Preste atenção o motorista que fala ao celular enquanto dirige tem quatro vezes mais chances de envolver-se em acidentes. Estudos demonstram que a pessoa que fala ao celular enquanto dirige tem sua atenção diminuída em 50%, além de atrapalhar o manuseio da direção.

Outra coisa desde 08 de Julho de 2016 com a nova lei 13.290/2016, todo o condutor deverá trafegar em rodovias estaduais ou federais com os faróis acesos, mesmo durante o dia, aumentando com isso a visibilidade e reduzindo o número de acidentes.

O problema é que comumente na correria do dia a dia esquecemos de ligar e também de desligar os faróis, o que pode trazer muita dor de cabeça como pagar multas, pontos na carteira, por não ligar os faróis,  ou então ficar sem bateria por conta do esquecimento de desligar os faróis. Então fique muito atento a esse detalhe importantíssimo.

Depois é só aproveitar para viajar por aí­ e curtir!