Central Adestramento

O último adeus a um animal de estimação

osmair_cao_xereta

“Meu querido humano, vejo que você está chorando, pois chegou meu momento de partir. Não chore, por favor. Quero explicar a você algumas coisas.

Está triste porque fui embora, mas eu estou feliz por ter te conhecido.

Quantos cães como eu morrem diariamente sem ter conhecido alguém especial como você?

Eu sei que te entristece a minha partida, mas eu tinha que ir agora.

Quero te pedir que não se culpe por nada. Eu te ouvi soluçar que deveria ter feito algo mais por mim. Não diga isso, fez muito por mim! Sem você não teria conhecido nada da beleza que carrego comigo hoje.

 Você deve saber que nós, animais, vivemos o presente intensamente e somos muito sábios: desfrutamos de cada pequena coisa de cada dia, e esquecemos o passado ruim rapidamente. Nossas vidas começam quando conhecemos o amor, o mesmo amor que você me deu, meu anjo sem asas e duas pernas.

Por Osmair Adestramentos– Osmair Manchope. Cão : Xereta

centraladestramento