Arapongas

Relatório que pode cassar vereador Maringá será votado nesta quinta-feira

903_11260337_822114227857264_1653418266_o

Relatório da Comissão Processante que pode levar à cassação do vereador Valdeir José Pereira (PHS), o Maringá, será votado na noite desta quinta-feira, na Câmara de Vereadores de arapongas. Ele responde acusação de superfaturar um contrato para digitalização do acervo do Legislativo. Na época do ocorrido, Pereira era presidente da Casa de Leis.

O vereador foi preso durante operação do Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em 9 de maio. No mesmo mês a Câmara Municipal abriu processo para investigar o caso após notificação do Ministério Público (MP).Conforme a investigação do MP, o vereador manteve um contrato superfaturado para a digitalização do acervo físico da Câmara, e recebeu pagamentos mensais de R$ 22 mil em propina, nos últimos dois anos.

A denúncia entregue à Justiça apura os crimes de fraude em licitação, corrupção e lavagem de dinheiro. As penas para esses podem passar dos trinta anos de prisão.Pereira responde o processo em liberdade e está colaborando com a investigação.

Segundo informações da Câmara Municipal, a sessão extraoordinária está marcada para às 20 horas.

Com informações TNonline.