Arapongas Geral

Presos da Cadeia Pública de Arapongas começam a ser transferidos pela Polícia Civil

IMG-20170830-WA0103

A Polícia Civil de Arapongas iniciou nesta quarta-feira, 30, a remoção de alguns presos da Cadeia Pública para outros locais. Nesta primeira etapa da transferência, saíram 19 presos, sendo 10 detentos enviados para a Penitenciária Estadual de Londrina (PEL II) e outros 09 detentos para o Mini Presídio de Apucarana.

A Cadeia Pública de Arapongas tem capacidade para abrigar 36 presos, mas hoje, abriga em média 180. O problema da superlotação se arrasta há anos, causando risco de rebeliões e fugas, além de tornar cada vez mais difícil o trabalho dos agentes carcerários no local.

As remoções que se iniciam visam amenizar o problema. “As remoções se dão uma parte pela Vara de Execuções Penais e outra pelo Sindicato dos Delegados do Paraná”, explicou o delegado chefe da 22ª SDP Arapongas Dr. Marcos Fontes.

De acordo com ele, ainda se espera que mais presos sejam removidos e que a situação para a Cadeia Pública de Arapongas possa encontrar solução.

RETIRADA DE VEÍCULOS APREENDIDOS

Com a colaboração da Prefeitura Municipal, os veículos apreendidos que entulhavam a fachada e laterais da Cadeia Pública de Arapongas, foram removidos nesta quarta-feira, 30, para o pátio da CODAR.
A situação era alvo de reclamações frequentes de moradores daquela região e de motoristas que tinham dificuldades para cruzar a Rua Tucanos naquele trecho.
Estes veículos aguardam decisão judicial sobre suas destinações finais, por isso, ficarão com vigilância 24 horas, durante todos os dias da semana.

IMG-20170830-WA0104

IMG-20170830-WA0105