Arapongas

Iniciativa incentiva exportações na indústria moveleira em Arapongas

tn_8233de3bf8_expotacao-de-moveis

Iniciativa que visa incentivar a exportações na indústria moveleira começa a ganhar forma em Arapongas. Uma reunião entre o prefeito do município, Sérgio Onofre (PSC), empresários do setor moveleiro, representantes do Sindicato das Indústrias de Arapongas (Sima), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) com investidores do Porto de Houston, nos Estados Unidos, aconteceu na última semana em São Paulo.

O encontro, segundo o prefeito, teve a presença de John Cuttino, representante do Porto de Houston no Brasil, e o diretor John Moseley. “Essa é a segunda vez que conversamos sobre esse projeto, que tem a intenção de fomentar a exportação dentro do polo moveleiro. Várias empresas do setor já exportam.

Os Estados Unidos é maior consumidor de móveis do mundo, mas apenas 0,5% deste tipo de produtos são do Brasil. Então, queremos, com essa inciativa, aumentar as exportações”, diz.Na avaliação de Onofre, as empresas que trabalham com exportações já estão adaptadas e não precisarão passar por um processo de treinamento especial, para entender os trâmites burocráticos, o que já é um facilitador. “É claro que as empresas, que tiverem a intenção de entrar nesse mercado, vai precisar investir em linhas de móveis diferenciadas, como as que já exportam hoje têm”, comenta.

O prefeito observa que o projeto com Porto do Houston tem por finalidade viabilizar a logística para as empresas.

“A logística é uma grande preocupação para os empresários. Por isso, esse projeto vai trabalhar justamente neste ponto. No Porto de Houston vai ter um showroom com móveis das empresas araponguenses, que também terá um funcionário. Tudo será pago pelo próprio Porto. Em contrapartida, toda exportação que sair de Arapongas também passará pelo Porto de Houston”, explica.Onofre explica que o projeto vai atender outros setores também da economia.

“Todos os empresários que quiserem exportar para os Estados Unidos poderão aderir essa parceria, inclusive de municípios vizinhos como Apucarana”, afirma. Ainda de acordo com o prefeito, que ressalta que o primeiro contato ocorreu durante a última edição da Movelpar, é não deixar o projeto parar. “Quando o projeto começar, as exportações vão ajudar na retomada de mercado e, consequentemente, na contratação de mão de obra. Atualmente, a economia interna já começou a ser recuperar, mas ainda está lenta”, avalia.
tn online

Solução Informática