Arapongas

Implantação da Patrulha Maria da Penha em Arapongas já tem data definida

0ffc07692cf51bc1859b04f2d6500ce9

Acontece no próximo dia 20 de maio, a solenidade oficial de implantação da Patrulha Maria da Penha em Arapongas, através da assinatura do termo de cooperação técnica entre o município e o Tribunal de Justiça do Paraná.

O evento será realizado no Auditório do Centro Administrativo a partir das 14 horas, com a presença de autoridades locais e do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Paulo Roberto Vasconcelos.

Também estará presente a desembargadora Denise Kruger Pereira, que é a responsável pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar.

Conforme uma das coordenadoras do projeto em Arapongas, GM Denice Amorim Almeida, o ato marca um momento muito importante na implementação das políticas protetivas aos direitos das mulheres no município.

Ela acrescenta que a Patrulha Maria da Penha, já conta com equipes treinadas e capacitadas para o trabalho de proporcionar sensação de segurança à mulher araponguense, estando inclusive em atuação, desde meados de abril passado.

“Em abril já realizamos 12 medidas protetivas, que é uma das formas de coibir a reincidência de violência doméstica e familiar, assegurando que toda mulher, usufrua de seus direitos fundamentais”, informou a coordenadora.

Durante o mês a Patrulha também atendeu 4 descumprimentos, seis visitas domiciliares, uma visita de retorno, 4 atendimentos na sede (Sestran), um encaminhamento de vítima à Delegacia de Polícia, 5 encaminhamentos para o CREAS e um encaminhamento para o Fórum.

Vítimas com medidas protetivas podem acionar a Patrulha Maria da Penha através do telefone 153