Arapongas

Comissão para implantação da Delegacia da Mulher em Arapongas realiza nova reunião

thumb

tarde desta segunda-feira, 11, a comissão responsável pela implantação da Delegacia da Mulher no município reuniu-se com a com juíza e com o promotor da Vara da Infância Família e Juventude. Durante o encontro a juíza, Tatiane Garcia Silvério de Oliveira Claudino, solicitou à comissão que junto à Delegacia da Mulher seja instalada uma sala para as denúncias e escutas, sem dano, para crianças e adolescentes vítimas de violências e ou direitos violados.

De acordo com a Juíza o atendimento nesse setor precisa de um local adequado e de um profissional de psicologia no intuito de amenizar os danos causados pela violência sofrida frente a repetição do ocorrido, sendo que tal depoimento seria aceito pelos magistrados. A Lei já preconiza para crianças e adolescentes essa “escuta sem danos”.

A comissão aceitou a solicitação da juíza, a qual será conduzida de acordo com os tramites necessários. A diretora da Assistência Social, Deise Aparecida Lima, e a gerente de Proteção Social Especial, Márcia Cristina Bernini Bispo Barca farão uma visita técnica ao NUCRIA em Londrina para conhecer o trabalho realizado no local e estudar as possibilidades para implantação em Arapongas.

Ainda durante a reunião, o vereador Aroldo Pagan e o delegado Osnildo Carneiro Lemes, falaram sobre a visita realizada em Curitiba, junto com o prefeito Padre Beffa e o secretário de Administração, Sandro José Andreassi Cícero. Na ocasião, as autoridades trataram da implantação da Delegacia da Mulher e demais assuntos de segurança que seguem em bom andamento.

Além das autoridades já mencionadas, estiveram presentes na reunião o promotor Marcos Lopes Pesenti, a vereadora Irondi Pugliesi, o superintendente da GM Hamilton Marques Junior, o diretor da GM Mario Antonio Cardoso e a GM Denice Amorim de Almeida.