Arapongas

Arapongas confirma primeiro caso de Zika Vírus

aedes_aegypti

A Secretaria Municipal de Saúde comunica o primeiro caso de Zika Vírus no município de Arapongas. A notificação foi realizada há 30 dias, o resultado aponta um caso na região oeste da cidade, sendo uma mulher de 58 anos.

O secretário de Saúde, Antonio Garcez Novaes Neto, ressalta que antes mesmo da confirmação do caso, uma ação intensificada foi realizada pelo Controle de Endemias na região em que houve a notificação.

“É importante destacar que o resultado é apresentado 30 dias após a notificação, ou seja, desde então as equipes tem trabalhado com muito empenho e agilidade naquela região para eliminar a proliferação do mosquito transmissor. Podemos considerar que por não haver mais nenhuma notificação o problema foi solucionado”, frisou o secretário.

Segundo o Controle de endemias de agosto de 2015 até a presente data (22 de fevereiro de 2016), foram registradas 378 notificações de casos de dengue; destes, 105 aguardam resultado, e 10 casos foram confirmados, sendo sete importados. Cinco notificações da febre chikungunya; e quatro de zika vírus, destes um confirmado.

Ainda de acordo com o secretário, o Controle de Endemias tem realizado ações intensificadas em campo, fiscalizando e orientando moradores, sendo que nesta semana, conforme o cronograma de visitas, as equipes totalizarão 100% de residências vistoriadas.

O trabalho em campo inclui ainda as equipes que têm realizado a pulverização manual, passando o inseticida como forma de prevenção para evitar focos de proliferação do Aedes aegypti.

Neste sábado, 27, a Secretaria de Saúde realiza um grande mutirão contra a dengue em todos os bairros da cidade, em parceria com as pastorais. Dia 29, o mutirão segue no Assentamento Dorcelina Folador, Campinho e Coqueiral.

“Diversas ações de combate ao Aedes aegypti acontecem simultaneamente. Infelizmente, registramos o primeiro caso de zika vírus no município. É um momento de alerta, onde a conscientização da comunidade é crucial para garantir a saúde de todos. Porém, as equipes agiram rápido garantindo que esse fosse um caso isolado naquele região. O Controle de Endemias tem lutado incansavelmente para acabar com o mosquito da dengue, mas conclamamos um importante agente, o cidadão araponguense, pois se cada um fizer a sua parte venceremos o Aedes aegypti”, declarou Neto.