Apucarana

UTFPR de Apucarana comemora 10 anos

UTFPR(PROFETA) (7)

Solenidade marcada por homenagens, inauguração e apresentação de números que comprovam a surpreendente evolução da oferta de cursos, vagas e da estrutura física

Iniciando suas atividades em janeiro de 2007, o Campus de Apucarana da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) comemorou hoje 10 anos com uma solenidade marcada por homenagens, inauguração e apresentação de números que comprovam a surpreendente evolução da oferta de cursos, vagas e da estrutura física. O evento prestigiado por autoridades civis, militares e religiosas foi presidido pelo reitor da UTFPR, Luiz Alberto Pilatti.

“A UTFPR de Apucarana, a exemplo das outras 13 cidades paranaenses onde o campus está presente, representa um desenvolvimento íimpar para o município. Entre as universidades jovens do Brasil, a UTFPR é a segunda mais importante do Brasil e a que mais oferece vagas de engenharia no país”, comemorou o reitor Pilatti.

O reitor destacou que o grau de avanços dos campus da UTFPR se deve as parcerias encontradas nos municípios. “Em Apucarana, temos muito que agradecer neste sentido. Neste contexto, podemos afirmar que não teríamos chegado até aqui se não fosse a prefeitura. A administração municipal é um parceiro fundamental da nossa instituição”, afirmou Pilatti.

O prefeito Beto Preto denominou a UTFPR como “uma verdadeira mola propulsora para o desenvolvimento da cidade. Hoje comemoramos uma oportunidade de ouro que proporcionou um salto na qualidade de ensino no nosso município. Enalteço esse presente que Apucarana recebeu há 10 anos agradecendo a todos que ajudaram e que continuam ajudando a UTFPR, em especial a sociedade civil organizada, como a Associação Comercial e a Associação dos Engenheiros, que não mediram esforços para trazer os cursos de engenharia para cá”, assinalou Beto Preto, estimando que os investimentos do governo federal em recursos humanos e obras físicas no campus local da UTFPR já chegaram a R$ 250 milhões.

O diretor-geral do campus de Apucarana, professor Aloysio Gomes de Souza, destacou o crescimento da instituição na última década. “No início das atividades em 2007, o Campus começou com apenas 12 docentes e 10 técnico-administrativos. Hoje ultrapassou 200 servidores, entre docentes e técnico-administrativos, com excelentes indicadores”, comparou.

Já com relação à estrutura física, o campus está em processo de ampliação para acomodação dos cursos de engenharia química, Civil e elétrica, os quais começaram a ser implantados em 2014. “Comparando a área construída, até 2011 eram apenas 3.306 m2 construídos; em 2012 eram 5.793,34 m2; em 2014 houve ampliação para 8.763,66 m2, e em 2016 são 9.567,42 m2 construídos. Devido à pactuação com o governo federal para a abertura das 3 novas engenharias, o campus está ampliando sua área física construída em mais 10.522,36 m2”, detalhou o diretor Aloysio Souza.

Em 2007, o campus começou a funcionar utilizando apenas as antigas instalações do Centro Moda, implantado em 2002 e que ofertava curso técnico em modelagem de vestuário. A estrutura foi transferida, naquele ano, para administração federal, que assumiu outras escolas profissionais no país. Vindos de todas as regiões do país, atualmente a UTFPR conta com 1,1 mil alunos distribuídos em 7 cursos superiores: engenharia Civil, 185; Engenharia elétrica, 80; engenharia química, 251; engenharia têxtil, 203; licenciatura em química, 143; tecnologia em design de moda, 200; e tecnologia em processos químicos, 20. A expectativa é de implantação para breve do curso de engenharia de computação.

Homenagem e inauguração

Ainda durante a solenidade foram homenageadas entidades, empresas, empresários e a imprensa que colaboraram com as conquistas da instituição. Também foi inaugurado bloco P do campus. Num investimentos de mais de R$ 1,1 milhão, as instalações abrigam o laboratório de estruturas do curso de engenharia civil, que passou a ser oferecido na instituição a partir de 2015.