Apucarana

Prefeito de Apucarana autoriza nova licitação para Centro de Iniciação Esportiva

CIEEDSON-DENOBI03

Após ficar cerca de um ano parada por problemas com a empreiteira contratada, a obra de construção do Centro de Iniciação Esportiva (CIE), no Jardim América, será retomada. O prefeito de Apucarana, Beto Preto, assinou nesta quarta-feira (25/01) autorização para abertura do processo licitatório, visando a contratação de uma nova empresa. O valor da obra, que tem o aporte de recursos federais, já está na conta do Município e foi reorçada em R$ 5 milhões.

O ato, realizado no gabinete do prefeito, contou com a presença de nove dos 11 vereadores da atual legislatura, além do vice-prefeito de Apucarana, Sebastião Ferreira Martins Junior (Junior da Femac), do chefe de gabinete da senadora Gleisi Hoffmann, Arilson Chiorato, de secretários municipais e equipe da Secretaria Municipal de Esportes.

De acordo com Beto Preto, a empresa anterior chegou a iniciar o projeto, abandonando a obra com menos de 5% do cronograma executado. “Infelizmente, a empresa que venceu a licitação não teve fôlego para tocar a obra e o contrato foi rompido, sendo a empreiteira multada e considerada inidônea”, esclarece Beto Preto.

Após o cumprimento de todos os trâmites burocráticos para o rompimento do contrato e a elaboração de novos cálculos, o projeto foi orçado em R$ 5.065.439,55, dos quais 3.979.036,46 são relativos ao convênio com o Ministério do Esporte e R$ 1.086.403.09 de contrapartida do Município.

Beto Preto afirma que o projeto é o modelo III, sendo o maior disponibilizado pelo Governo Federal, e faz parte do legado olímpico brasileiro. O Centro de Iniciação Esportiva (CIE) será erguido em área de 7 mil metros quadrados junto ao Parque do Japira, no Jardim América. O complexo esportivo terá área construída de 3.750 metros quadrados e inclui um ginásio poliesportivo com arquibancada para cerca de 200 pessoas. O projeto prevê ainda área de apoio para administração, sala de professores e técnicos, vestiários, enfermaria, copa, depósito, academia e sanitário público, além de pista de atletismo com dimensão de 120 x 10. “É uma pista moderna de tiro, destinada a provas de velocidade”, observa Beto Preto.

Além da questão social e esportiva, o prefeito de Apucarana ressalta que a obra irá promover a urbanização do Parque Japira. “O espaço foi implantado há cerca de 17 anos, mas acabou não sendo utilizado pela população, muito por questões estruturais como a falta de iluminação. A obra vai também valorizar mais essa região da cidade, ligando o Jardim América ao Jardim Trabalhista”, pontua Beto Preto.

Os recursos foram conquistados por intermédio da senadora Gleisi Hoffman. Dos 27 municípios paranaenses que apresentaram propostas, apenas quatro foram contemplados: Foz do Iguaçu, Guarapuava, Arapongas e Apucarana. “Dentre os projetos que conseguimos para Apucarana, esse foi um dos mais difíceis. O projeto estava cadastrado no sistema, foi necessário fazer algumas adequações e depois chegou a informação de que haveria diminuição no número de municípios contemplados. Foi necessário um esforço político e marcamos uma audiência do prefeito Beto Preto com o ministro do Esporte”, relembra Adilson Chiorato, chefe de gabinete da senadora.

Conforme Jossuela Martins, secretária municipal de Esportes e Lazer, o Centro de Iniciação Esportiva permitirá o desenvolvimento de 13 modalidades olímpicas, sete paraolímpicas e uma não-olímpica. “Haverá atletismo, basquete, boxe, handebol, judô, lutas, taekwondo, vôlei, esgrima, ginástica rítmica, badminton, levantamento de peso, tênis de mesa, além do futebol de salão. Já as modalidades paraolímpicas serão de esgrima de cadeira de rodas, judô, halterofilismo, tênis de mesa, voleibol sentado e goalball”, cita, lembrando que o projeto do Governo Federal atende, preferencialmente, regiões com alta vulnerabilidade social. “Os jovens estão expostos a caminhos incertos e este complexo vai dar uma grande oportunidade para eles”, completa Jossuela.