Apucarana Geral

Apucarana recebe quatro Selos ODM

apuc5

O município de Apucarana conquistou quatro prêmios na 5ª edição do Selo Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), que é conferido pelo Serviço Social da Indústria (Sesi-PR) e pelo Movimento Nós Podemos Paraná. Dois dos projetos são da Prefeitura Municipal, através da Autarquia Municipal de Educação, (AME) com o programa NutriAção na Infância que prevê a redução da mortalidade infantil e da Secretaria Municipal de Assistência Social com os Grupos Conviver.

A premiação aconteceu ontem no auditório da Federação da Indústria do Estado do Paraná (FIEP) em Curitiba. Cento e oitenta e sete projetos de diversos municípios do estado foram contemplados. O Selo ODM foi criado visando reconhecer e divulgar boas práticas, executadas por instituições públicas, privadas e do terceiro setor, que contribuem para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

O prêmio da Autarquia Municipal de Educação se refere a merenda escolar diferenciada aplicada, desde 2013, nas 37 escolas e 22 centros de educação infantil (CMEIs), e foi classificado no quarto Objetivo de Desenvolvimento do Milênio, que prevê a redução da mortalidade infantil. “Sabemos que é na meninice que se formam os bons hábitos alimentares, por isso, como parte do projeto, a nossa equipe de nutricionistas elabora cardápios diários para as unidades de ensino e realiza o acompanhamento sistemático dos alunos que apresentam problemas de peso ou patologias como diabetes, intolerância ao glúten e à lactose oferecendo a elas alimentação alternativa”, descreveu a diretora presidente da AME, Marli Regina da Silva.

A partir de 2014, a AME também passou a garantir a fórmula infantil 1 e 2 para os bebês lactentes dos CMEIs. “É uma alimentação específica para os bebês, cujas mães precisam deixá-los sob nossos cuidados ainda muito pequenos, para poder trabalhar. Os componentes são semelhantes a nutrição oferecida pelo leite materno, o que garante o desenvolvimento saudável à criança”, diz a nutricionista Jaqueline de Oliveira.

Preocupada em oferecer alimentos sempre frescos e saudáveis, a AME ainda aplica mais de 30% dos recursos repassados para a merenda na compra de mercadorias provenientes da agricultura familiar. Ao todo, aproximadamente 60 itens são adquiridos diretamente dos produtores rurais, entre produtos hortifruti, panifícios, doces, carnes, grãos, leite, bebida láctea, mussarela e outros.

Já a Secretaria Municipal de Assistência Social foi contemplada com o trabalho diário realizado com os 42 grupos Conviver,  que atuam nas atividades com idosos, e na proteção e combate à violência contra os idosos. Eles participam de aulas de educação física, artesanato, atividades culturais e artísticas, e também a inclusão digital para a terceira idade. No total são 1,2 mil participantes nos grupos localizados na área central, bairros e nos distritos.

“Os grupos fazem parte do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos, com atendimento psicológico e social, bem como recebem materiais para as atividades e lanche diário. A visão social do gestor municipal, com investimentos centralizados desde 2013, faz com que o idoso seja valorizado, e contribua para melhoria de sua qualidade de vida”, diz a secretária de Assistência Social, Márcia Regina de Souza.

Para o prefeito Beto Preto, que recebeu os certificados, a escolha dos programas desenvolvidos em Apucarana, dentro dos Objetivos do Milênio destacam os esforços do município na melhoria da qualidade de vida da população. “Isso demonstra que estamos no caminho certo, em uma cidade que quer resolver seus problemas e continuar fazendo a diferença na vida dos apucaranenses”, destaca o prefeito.

Também foram premiados projetos de entidades do terceiro setor. O Serviço Social do Comércio, (SESC) com o projeto Futuro Integral, que contribuiu para melhoria da educação básica de qualidade. São atendidos alunos dos terceiros anos de escolas municipais Monsenhor Arnaldo Beltrâme e Fábio Henrique da Silva no contra turno escolar, com atividades de letramento e raciocínio lógico. E, a Igreja Missionária Unida, (IMUB) com o projeto Resgatando Vidas, um projeto de incentivo social e esportivo. O trabalho é realizado na Colônia dos Novos Produtores e no conjunto Orlando Bacarin.

Fonte: Prefeitura Municipal de Apucarana

Solução Informática