Apucarana

Apucarana mantém dengue sob controle

DENGUEEDSON-DENOBI05

Com o fim do período climático (calor e chuva) mais favorável a proliferação do mosquito da dengue, a Autarquia Municipal da Saúde (AMS) fez hoje (19) um balanço positivo sobre o controle da doença em Apucarana. No período de agosto de 2016 até o momento foi registrado apenas um caso confirmado de dengue no município.

“Estamos fechando um ciclo extremamente positivo”, avalia o diretor presidente da Autarquia Municipal de Saúde Roberto Kaneta. O resultado ganha ainda mais relevância, conforme destaca Kaneta, ao considerar o fato de o último Levantamento Rápido do Índice de Infestação do Aedes aegypti (LIRA) ter apontado um aumento no índice de infestação das larvas do mosquito transmissor da dengue. O percentual em março estava 5.4%, sendo que o preconizado pelo Ministério da Saúde é abaixo de 1%.

“As ações desenvolvidas pela nossa equipe de saúde, no entanto, surtiram impacto positivo. O trabalho dos 60 agentes de endemias ganhou reforço de cerca de 200 Agentes Comunitários de Saúde”, ressalta o superintendente em saúde da Autarquia Municipal de Saúde, Marcelo Viana de Castro.

Para Roberto Kaneta, a atuação conjunta desses dois grupos foi essencial para o controle da doença, mas considera altamente significativa a ajuda da população. “Cada vez mais, os apucaranenses têm feito sua parte deixando o quintal livre de recipientes onde o mosquito pode depositar suas larvas”, afirma Kaneta.

Para o prefeito Beto Preto, o trabalho da saúde pública no enfretamento da doença precisa continuar com a parceria essencial da população. “Juntos poderemos manter esse quadro positivo de forma contínua. O cuidado deve ser permanente, seja no período mais favorável ou não a proliferação do mosquito”, conclama Beto Preto.

O ciclo estatístico dos casos de dengue é avaliado sempre dentro do período anual de agosto a agosto. Em 2014/2015 Apucarana registrou 183 casos confirmados da doença; de 2015/2016 foram 107 casos; e agora, entre agosto de 2016 e abril de 2017, apenas 1.